Sexta-feira, 26 de Março de 2004

Odiamos profundamente o Futebol Clube do Porto!

Portugal, este nosso país, é muito prolífico em figuras ridículas. Nem é preciso pensarmos muito para nos lembrarmos de um palhaço... vejamos: Alberto João Jardim, por exemplo!

É logo, não temos que puxar muito pela cabeça.

E menos ainda temos que puxar pela cabeça para nos lembrarmos desse grande símbolo da patetice nacional: Pinto da Costa.

Mas o que ainda mais nos espanta é como conseguimos criar uma lista tão grande de ódios de estimação, todos vindos dessa grande casa que é o FCP.

Primeiro temos Pinto da Costa, que está podre de rico graças ao futebol clube do porto e continua alegremente a comprar árbitros e a viciar campeonatos de futebol. Até ao Manchester conseguiu pagar suficiente para que estes se deixassem vencer pela equipa medíocre do Porto. Ao que parece até já comprou uma louraça para fazer figura ao lado dele nas revistas cor-de-rosa.

Depois temos José Mourinho, de quem já falámos. Insuportável na sua altivez e arrogância, só pode ser odiado, porque é impossível gostar dele.

Segue-se, por exemplo, Jorge Costa. Um gajo insuportável que só está bem a dar porrada nos outros e a fingir-se indignado. Excelente para testar ao limite a teoria de que o Pinto da Costa compra árbitros. Odiamo-lo.

Jorge Costa só não é o maior sarrafeiro de sempre do futebol português graças a outro odiado do FCP: nada menos que Paulinho Santos. O símbolo máximo das faltas porcas e da pantufada de meia-noite, Paulinho como jogador já desapareceu da memória da maioria dos portugueses, mas como manhoso nunca será esquecido.

E que dizer de Vítor Baía? A maior fraude do futebol português? Bem viu Scolari que este franganão não tinha lugar na selecção nacional! As suas saídas em falso e o seu desconhecimento total do que é uma baliza só são sublinhados pelo desastre que foi a sua venda ao Barçelona por 4 milhões para ir ajudar o clube a sofrer uma das suas maiores derrotas de sempre. Odiamos o Vítor Baía, como não podia deixar de ser.

E então o estádio do Dragão?! Onde é que há dragões em Portugal? Existe alguma mitologia nacional semelhante, talvez, à chinesa, povoada de dragões? Somos o país do S. Jorge... nem muito, nem pouco... os dragões não são propriamente grandes símbolos nacionais. E mesmo que fossem!

Quem é que chama "estádio do dragão" a um estádio? É uma palhaçada infantilóide! Que humilhação que é ter um estádio no nosso país com esse nome... Imagino os estrangeiros que vêm para o euro perguntar... "Dragon's Stadium?"

Custou-me a acreditar que tivessem realmente posto esse nome idiota ao estádio, mas lá está... é o FCP, podemos esperar tudo! Tudo o que de mais odioso se possa imaginar!

Mas a lista quase não tem fim... se quisesse continuar, continuava por aí fora, pegava na camisola número 2 e só parava na 99... ele é Carlos Secretário, ele é o Serginho-espanca-putas... E meus amigos... não se esqueçam do maior e mais odiado palhaço que jamais passou pelo futebol português, o odiado... Mário Jardel.

É por tudo isto e muito, mas muito mais, que aqui, no Blog do Ódio, odiamos profundamente o Futebol Clube do Porto! Bom fim de semana.
publicado por pedrocs às 18:13
link | favorito
De Anónimo a 29 de Março de 2004
É apenas para te mandar para a puta que te pariu, seu cona da tua, foda-se!Cona da tua mãe
</a>
(mailto:A Puta que te pariu@pipi.com)
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.