Segunda-feira, 5 de Abril de 2004

O pseudo-puritanismo americano

Quem nunca deu por ele? Mas por outro lado... quem o compreende?

Saibam pois, se nunca repararam, que "hell" é um palavrão, para os americanos. Ensina-se às crianças que se deve dizer "heck" em substituição e mesmo assim, deve evitar-se.

Para compreender isto melhor é preciso ter a noção de que os americanos têm aquilo que eu entendo por uma religião de supermercado. Isto é: simples e organizada em corredores. Temos, a saber: o Bem e o Mal, que habtiam, respectivamente no Céu e no Inferno e são dirigidos por Deus e o Diabo, com os seus soldados, os Anjos e os Demónios. Deus, ao que parece, tem uma vantagem competitiva: Jesus Cristo, o salvador.

Escusado será dizer que o Bem e o Mal estão em Guerra. Guerra também se deve escrever com maiúscula, pois é a principal actividade dos americanos.

Depois, ensina-se às crianças que quem se porta bem e crê em Deus, vai para o Céu e quem se porta mal e/ou não crê em Deus, vai para o Inferno. Convém também deixar claro que os Americanos são praticantes do Bem e que os "outros" são praticantes do Mal.

Os "outros" variam. Já foram os ingleses, já foram os Alemães, já foram os Soviéticos e os Comunistas de todo o mundo, agora são os árabes. Esses são os praticantes do Mal e não sou eu que o digo, é o Presidente dos Estados Unidos, George W. Bush (que eu odeio), que diz claramente "The Evil doers"; portanto, o Mundo só poderá estar seguro se os Defensores do Bem, da Liberdade, as pessoas que escrevem "Em Deus confiamos" no seu dinheiro, intervierem e combaterem os "fazedores do Mal", onde quer que eles existam.

É uma coisa bonita.

70% dos Americanos acreditam no Inferno, uma percentagem semelhante acredita em Anjos e 50% da população da única superpotência mundial, acredita que tem o seu próprio anjo da guarda. Evidentemente que 92% dizem acreditar em Deus, 85% no Céu e 82% em Milagres.

Eu odeio religião. Mas mais ainda, odeio a religiosidade básica e tacanha dos americanos. Odeio a maneira como eles se acham detentores da palavra de Deus e únicos praticantes do Bem no Mundo. Não só isso, como odeio a maneira redutora como classificam povos inteiros de Maléficos, apenas porque a) a população americana tem uma visão simplista do funcionamento do mundo e b) os governantes americanos (e não falo apenas dos que estão efectivamente no Governo) têm uma agenda económica de domínio, não é por nada que lhes chamam imperialistas.

Este post foi inspirado por um cartoon que eu gosto muito e leio todos os dias, o Player vs. Player, ou PVP. A tira em questão não teria sido possível não fora "hell" ser considerado um palavrão: http://www.pvponline.com/archive.php3?archive=20040404

Odeio puritanismos!
publicado por pedrocs às 09:51
link | favorito
De Anónimo a 6 de Abril de 2004
Bom post, mas vçs andam-se a baldar. Será que já gostam de tantas coisas que não têm nada para odiar? http://acido.blogs.sapo.pt (http://acido.blogs.sapo.pt)Diesel
</a>
(mailto:diesel72@sapo.pt)
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.