Sexta-feira, 28 de Maio de 2004

NÓS NÃO VAMOS!

Agora que o evento se inicia, nunca é demais sublinhar que "Eu NÃO vou"!

Pois é, meninos, odeio o Rock in Rio!

E sei que não estou sozinho, existe o já famoso movimento "Eu não vou" e ainda hoje a menina das maçãs me mostrou um banner que dizia "Eu vou... ficar em casa, obrigado".

O Super Bock Super Rock consegue, em qualquer um dos dias, superar nas calmas qualquer dos dias do Rock in Rio, não apenas comparando qualidade musical, porque isso é muito discutível, mas quando comparamos a organização e distribuição das bandas, as bandas que vêm e quanto custam os bilhetes, não é preciso muito esforço para perceber que festival é que vale a pena.

E há uma coisa que não consigo ultrapassar: a hipocrisia de tudo isto. Vamos fazer um evento "pelas crianças"... o que é sempre bom, porque as crianças são "o futuro" e tudo o mais. Ninguém pensa duas vezes quando se trata de ajudar as crianças, mas ainda ninguém sabe muito bem que parte do preço exorbitante dos bilhetes do Rock in rio é que, efectivamente, vai para as crianças.

E os três minutos de silêncio "por um mundo melhor"? Que dizer disso? Que palhaçada! Enjoa-me quase tanto como saber que o Scolari conseguiu impor uma reza à selecção antes de cada entrada em campo. É lamechice hipócritó-cristã que não serve para mais nada senão para desculpar um festival caríssimo, onde os 600 "empregados" dos comes e bebes são voluntários, cuja compensação é poderem assistir aos concertos (de dentro de uma roulotte de bifanas deve-se ver a Britney Spears muita bem, acredito).

O Rock in Rio é um evento estrangeiro, espetado em Portugal, sem justificação suficiente. Portugal é um país de excelentes festivais de música, desde o Sudoeste a Paredes de Coura ou o mais cosmopolita Super Rock, não se entende porquê importar um festival com organização totalmente estrangeira, cmo capital estrangeiro e lucros para estrangeiros... ah... e para as criancinhas, não esqueçamos as criancinhas.

Tenho pena que tanta gente vá efectivamente ao Rock in Rio e que as vozes que se levantam para criticar o festival sejam, como habitualmente, apenas mais um insecto esmagado pelo andar do rebanho.

Odeio o Rock in Rio! Eu... não vou!
publicado por pedrocs às 22:06
link | favorito
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

.mais sobre mim

.pesquisar

.Novembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Multidões súbitas

. Na terra dos vígaros

. Fama.sapo.pt

. O sucesso da inutilidade

. O mártir da época

. CHEGA!

. Fernando Santos, treinado...

. Novo aeroporto

. O Deserto não é a sul do ...

. Aí vem ele outra vez...

.arquivos

. Novembro 2009

. Maio 2008

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds