Sexta-feira, 25 de Fevereiro de 2005

Carta aberta ao metropolitano de Lisboa

Exmos Srs Administradores do Metropolitano,

Venho por este meio expor a minha mais profunda admiração pelo serviço prestado pelo Metropolitano de Lisboa e dar a V. Exas. os parabéns pelas brilhantes decisões operacionais e capacidade de gestão que, claramente, possuem.

É com enorme prazer que verifico que os distribuidores desse fantástico e informativo jornal que é o Metro, já se deslocaram para fora das estações do Metropolitano e atacam agora também os terminais de outros transportes públicos. É um prazer sem igual cambalear ensonado para fora do cacilheiro e ter imediatamente disponíveis as notícias do dia que me são entregues tão prontamente pelos distribuidores que conseguem colocar-se de forma estratégia de maneira a que ninguém escape... perdão, de maneira a que ninguém tenha que passar sem o fabuloso jornal Metro.

Claro que se perdermos o jornal à saída do barco não há qualquer problema, pois V. Exas, na vossa infinita sabedoria souberam povoar todas as estações e locais de passagem com estes alegres duendes da imprensa! Oh, que alegria é, saber que se não apanhar o jornal Metro na estação onde entro, posso sempre apanha-lo na estação onde saio!

E eu quero o jornal Metro, quero-o quase com tanta vontade como quero ouvir a versão para flauta sintetizada de "The Power of Love", esse fantástico êxtio de Jennifer Rush nos anos 80. O Metropolitano de Lisboa presta um serviço único aos habitantes da capital e arredores, educando-os musicalmente ao mesmo tempo que providencia transporte público de alta qualidade.

Neste capítulo não posso deixar de referir a MCO TV. Que serviço, meus caríssimos senhores! Sinto-me quase lacrimejar quando penso na forma dedicada com que V. Exas pensam nas necessidades dos vossos clientes. Quem mais ofereceria - totalmente grátis! - um canal de tv quase exclusivamente dedicado a passar publicidade! Que alegria.

Eu agora já sei que a menina chinesa da Vodafone não está num filme de kung-fu, mas sim num anúncio aos novos Motorolas, mas das primeiras vezes ainda saltei na cadeira com aquele pontapé. Ah, que grande entretenimento e ainda por cima em écran gigante!

O melhor da MCO TV ainda é a passagem de notícias com 24 horas de atraso. Dá muito jeito porque muitas vezes não tive tempo de ver as notícias do dia anterior e sei que se for andar de metro fico logo actualizado. Por exemplo, ontem vi na TV o Benfica ser eliminado da taça UEFA e hoje de manhã fiquei a saber pela mco tv que "Benfica tenta passar eliminatória frente ao cska de moscovo". Fiquei muito mais esclarecido porque percebi que era isso que eles estavam a tentar fazer ontem, porque, sinceramente, vendo o jogo não percebi o que estavam a tentar fazer.

Em suma, são tantos e tão bons os serviços que o Metropolitano de Lisboa presta aos seus clientes que quase apetece não apanhar o combóio e ficar na estação a apreciar a sua variedade e qualidade. Mas até disso o Metro se lembrou! E foi assim que nasceram os horários completamente díspares de plataforma para plataforma que permitem que seja quase impossível apanhar dois combóios de seguida. Assim podemos sentar-nos, esperar pelo próximo combóio e apreciar a multitude de espectáculos multimédia que nos são disponibilizados de forma tão generosa.

A Direcção do Metro poderia ter desenhado um esquema de sincronismo entre plataformas que permitisse aos passageiros trocar de linha facilmente. Assim evitariam pôr as pessoas a correr apenas para chegarem à plataforma seguinte sempre 2 segundos tarde demais. Mas também... seus espertalhões! Mais uma vez trata-se de um serviço ao cliente: assim todos fazemos exercício ao mesmo tempo que experimentamos diariamente uma pequena dose de frustração, o que contribui para um desenvolvimento positivo do carácter de cada um.

O Metropolitano de Lisboa é, sem dúvida, um serviço ímpar! Os meus parabéns.
publicado por pedrocs às 11:06
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De Anónimo a 28 de Fevereiro de 2005 às 23:03
Ainda bem que não tenho de andar nesse stress...TemposPerdidos
(http://queazar.blogs.sapo.pt)
(mailto:temposperdidos@sapo.pt)
De Anónimo a 28 de Fevereiro de 2005 às 22:54
Coitados dos homens do metro ...

http://apologo.blogs.sapo.ptteco
(http://apologo.blogs.sapo.pt/)
(mailto:teco@netcabo.pt)
De Anónimo a 27 de Fevereiro de 2005 às 20:22
Nokas, oh que bela que é a TST, há muito que não tenho prazer de andar nos transportes deles... provavelmente já desde que eram rodviária sul do tejo e como esquecer a RN? Todos os dias de manhã passo pelo parque da TST em Cacilhas e não posso deixar de agradecer o facto da TST me fornecer a minha dose diária recomendada de Monóxido de carbono. Obrigado TST!macacoraivoso
(http://odio.blogs.sapo.pt)
(mailto:macacoraivoso@sapo.pt)
De Anónimo a 25 de Fevereiro de 2005 às 18:03
Se gostas do serviço prestado pelo Metropolitano, deves adorar o dos TST. Já experimentaste?Se a resposta é não, então corre e apanha um autocarro desses.. Não há melhor!Aconselho a hora de ponta para viajar. E apanha uma daquelas carreiras manhosas, com os mafiosos de faca em punho.Vá, de que é que estás à espera?Corre, macaco, correeee!!
Beijos odiosos :)
Ps: ja notei a tua presença odiosa no meu blog. Eu tb odeio o estudo , as apresentações e essas coisadas todas.Obrigado pelo apoio.nokas
(http://cabelosaovento.blogspot.com)
(mailto:nokax_24@hotmail.com)
De Anónimo a 25 de Fevereiro de 2005 às 14:41
macaco, és excelente!!! odeio-te! odeio-me a mim também! Por isso venho cá diariamente. é como uma pescadinha de rabo na boca, uma bola de neve! o Ódio numa progressão geométrica!! aah... e como odeio progressões geométricas..micose
(http://micose.blogspot.pt)
(mailto:micose@blablabla.com)

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

.Novembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Multidões súbitas

. Na terra dos vígaros

. Fama.sapo.pt

. O sucesso da inutilidade

. O mártir da época

. CHEGA!

. Fernando Santos, treinado...

. Novo aeroporto

. O Deserto não é a sul do ...

. Aí vem ele outra vez...

.arquivos

. Novembro 2009

. Maio 2008

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds