Sexta-feira, 18 de Junho de 2004

Palhaços II - Cromos do Circo [ Jovens Gestores ]

Como os odeio. Fatinho de figurino Boss (às sextas [dia que a maior parte das empresas tem instaurado o 'casual day'] podem ser vistos de camisinha façonnable e pullover burbery), sapatinho engraxadinho, carinha deslavada de tanto puxar por os pelos que teimam crescer todos os dias, oculinhos de massa preta (de marca bem estampada no meio das lentes de preferencia) e ai estão eles prontos a mudar a eficiência e eficácia do nosso país com metodos de gestão lidos na palha que os jornais distribuem grátis aos fins de semana.



Custumam passear-se pela zona da Baixa até ao Saldanha (em Lisboa, caso conheçam outros sítios onde nos possamos cruzar com eles noutras cidades, por favor avisem) e gostam de gin tónico na companhia de gajas que se lavam em perfume e pintam as 'trombas' com tudo quanto é cosmético geralmente pela zona das docas e da capital (aqui falo novamente só de Lisboa, mas se conhecerem outros 'habitats' desta espécie... já sabem).



Geralmente deslocam-se em Carros Audi (A3) ou VW (Golf) azuis escuros ou cor de prata.



São realmente uns imprestáveis mas as administrações veem neles o futuro de Portugal.



ODEIO futuros negros (e cromos de circo)!
publicado por pedrocs às 14:51
link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De Anónimo a 25 de Junho de 2004 às 11:02
Nmerdas, os jovens gestores do circo costumam frequentar os chats, sabias? é verdade. Como não trabalham (delegam tarefas) passam o dia no chats a engatar miudas. Eu por mim já muito por esta nação de idiotas. Vou te contar (espero que não me odeies). Vou ao chat e aparecem sempre alguns palhaços que depois se apresentam "sou engenheiro" "sou gestor de empresas", blablabla. Marcam encontros aos quais eu apareço mas com uma indumentaria completamente diferente daquela que tinhamos combinado. Ou seja, os gajos não me reconhecem e ficam ali, feitos otários que são à espera...e eu a ver e a curtir um espectáculo impagável. Depois voltam ao chat e perguntam muito docilmente "o que aconteceu?" Eu faço o meu papel e nunca me desbronco. A três destes palhaços, que me pareceram realmente perigosos (despedem pessoas) alterei-lhes o login e a password no chat. Só para os deixar à toa. Odeio-os mesmo e toda a contribuição, no sentido do escárnio, é pequena. zumzum
</a>
(mailto:blabla@iol.pt)
De Anónimo a 22 de Junho de 2004 às 18:10
só espero que não tenhas apostado muito senão ficas sem nada. Não, não tenho um Seat...depende
</a>
(mailto:estrela_0@hotmail.com)
De Anónimo a 22 de Junho de 2004 às 15:07
Depende: O que não interessa é não depender de nada nem de ninguem. Nós não dependemos de fundos estatais ou comunitários para colocarmos o dedo na ferida de muitas coisas que nos fazem impressão nesta sociedade onde estamos tambem inseridos. Não temos pretensões sociológicas de estudar estereotipos igualmente. Apenas apontamos o dedo (bem sei que apontar é feio e não se faz) a algumas situações caricatas. Se não gostas... Odeio-te! (Aposto que conduzes um Seat). PS- Vai aprender a escrever!

nmerdas
(http://odio.blogs.sapo.pt)
(mailto:nmerdas@sapo.pt)
De Anónimo a 22 de Junho de 2004 às 14:50
pois pois logo se vê que o autor e a assistencia deste blog nao interessa a ninguem um monte de miudos que se dizem revolucionarios e que apenas são um peso para a sociedade. Falar costa pouco mas criar ou construir ai sim está a dificuldade. Se todos nós nada só criticassemos e nada fizessemos logo se via onde estava o mundo. depende
</a>
(mailto:estrela_0@hotmail.com)
De Anónimo a 18 de Junho de 2004 às 16:22
Tens razão... falhou-me o Seat. nmerdas
(http://odio.blogs.sapo.pt)
(mailto:nmerdas@sapo.pt)
De Anónimo a 18 de Junho de 2004 às 16:02
Também os odeio, a esses palhaços! Como estou de férias, ontem fui passear para Tomar (aconselho, já agora) e na viagem de 150 km para lá e outros 150 para cá (não fosse a viagem ser mais curta no sentido inverso), cruzei-me com vários, mas falhou-te um carro, ó nmerda, um carro que faz desses palhações ainda piores: o seat. Também cor de prata, de preferência, como eles gostam dos seus seats. E depois o aspecto é sempre o mesmo, cabelo puxado atrás com gel, camisinha de marca, azulinho claro, óculos escuros da moda, uma mão no volante, outra no telemóvel, a 180 à hora, pela auto-estrada com cara de mau. Como eu odeio esses palhaçó-profissionais.macacoraivoso
(http://odio.blogs.sapo.pt)
(mailto:macacoraivoso@sapo.pt)

Comentar post