Sexta-feira, 3 de Junho de 2005

Odeio a constituição europeia

É verdade e vou-vos dizer porquê: porque não faço ideia o que seja.

É aqui que me parece importante que os políticos fizessem o seu papel de buffer entre o mundo da governação de países e o mundo das pessoas normais. Servissem de filtro e estudassem o longuísismo documento para depois o explicarem às populações.

É que toda a gente se queixa do mesmo: não sabem o que é a constituição. Claro que a resposta óbvia seria: não sabes o que é, vai ler. Mas já olharam bem para aquilo? Não é só o facto de ser grande, mas sobretudo o facto de estar escrito em politiquês.

O que fazia falta aqui era mesmo um daqueles cadernos europa-américa da constituição europeia e aí, talvez, as pessoas começassem a ter um ponto de partida para formar uma opinião sobre o assunto.

Parece-me que o problema central é que nenhum europeu ainda percebeu qual a vantagem de termos uma Europa unida. Olhem para a desgraça que o nosso país está: um deficit altíssimo, políticos incompetentes, gestores públicos amigos do tacho, uma desorganização selvagem e uma falta de cultura brutal. Em que é que a Europa pode ajudar?

Quando percebermos isso, talvez nos pareça boa ideia...
publicado por pedrocs às 12:29
link do post | comentar | favorito
|
11 comentários:
De Anónimo a 9 de Junho de 2005 às 16:27
se não sabes quais as vantagens de ter uma Europa unida, deverias ter ouvido as declarações do Miguel Beleza nos últimos dias. Simplesmente disse que se não estivessemos na Europa com o euro, a actual crise económica que atravessamos levaria ao descalabro da economia, com taxas de juro elevadíssias, inflacção descontrolada e um défice horroroso. A Europa equilibrou a economia, não podemos por nos outros a culpa da desorganização da nossa casa. rantamplan
(http://ichgeselschaft.blogspot.com)
(mailto:rantamplan@sapo.pt)
De Anónimo a 8 de Junho de 2005 às 01:21
Não odeio nem deixo de odiar. Simplesmente não conheço o projecto. Existe uma tremenda falta de informação acerca da Constituição Europeia. Quanto ao referendo, para quê? Primeiro teriamos que explicar à população o que é uma constituição, depois explicar em que consiste a Constituição Europeia e quais as suas implicações, finalmente teriamos que explicar o que significa a pergunta a uma grande parte das pessoas.
Já que nos enfiaram na Europa sem nos perguntarem o que pensavamos porque não fazer agora o mesmo. Os referendos são uma chatice.Papa Ratzi
(http://cagaatuasentenca.blogspot.com)
(mailto:pedromoderno@yahoo.com.br)
De Anónimo a 6 de Junho de 2005 às 23:46
Acho que, nesta matéria, o problema dos políticos é mais a ignorância própria que qualquer malevolência... Repara que o Louçã é todo anti-Constituição Europeia mas também não discute os pontos que lhe desagradam. Para ele, a dita é má porque é má, como para os outros é boa porque é boa.Marquês de Barrabás
</a>
(mailto:plebeudeb@mailfalso.com)
De Anónimo a 6 de Junho de 2005 às 08:24
A questão é tão simples quanto isto: os políticos querem que as pessoas aprovem a constituição... mas não falam sobre ela. Isso é suficiente para eu desconfiar.macacoraivoso
(http://odio.blogs.sapo.pt)
(mailto:macacoraivoso@sapo.pt)
De Anónimo a 5 de Junho de 2005 às 22:11
Ora bem, Poeticman. Sunflowerchild, tu és o Portugal No Seu Melhor.Marquês de Barrabás
</a>
(mailto:plebeudebarr@mailfalso.com)
De Anónimo a 5 de Junho de 2005 às 20:42
É verdade que nem todas as pessoas têm hipótese de procurar esse tipo de informação mas muitos são os que podem mas preferem ir aos sites porno ou dizer que ninguém lhes explica. Em todo caso com o não da França por 55% segui-se o não da Holanda com 67% e a Itália quer sair do Euro. Isso é sinal da divisão que esse tratado está a criar sobretudo devido à crise que existe um pouco por toda a europa. Mas quando vinha rios de dinheiro para portugal ninguèm perguntava de onde vinha nem como vinha.... muitos encheram os bolsos e a europa eram a melhor coisa mas esqueceram-se que não dura sempre e que mais cedo ou mais tarde é preciso pagar. É como as compras a prestações. poeticman
(http://josearaujo.blogs.sapo.pt)
(mailto:jpoeticman@hotmail.com)
De Anónimo a 5 de Junho de 2005 às 18:01
e as pessoas que não têm net, ou que não percebem nada de computadores? ou aquelas que não sabem ler? ou aquelas que não percebem o politiquês, que é a maioria dos tugas???? :/ dos tugas e dos europianos, pois, mais vale votar não, do que nunca coisa que não se sabe o que é!!!!

sunflowerchild
</a>
(mailto:sunflowerchild@sapo.pt)
De Anónimo a 3 de Junho de 2005 às 19:57
Pronto, é a segunda vez que meto cá isto, mas está bem: http://europa.eu.int/constitution/index_pt.htm (http://europa.eu.int/constitution/index_pt.htm) Neste link pode encontrar-se o Tratado para a Constituição -> em português, e um resumo do Tratado para a Constituição -> também em português, para além de outros recursos que não me dei ao trabalho de explorar... Sr. Macaco, às vezes não se pode ficar à espera que nos façam a papinha. A Constituição é uma seca, mas está disponível a qualquer pessoa com net no trabalho ou em casa (e julgo que em algumas junta de freguesia também.) Se uma pessoa se quer informar, informa-se. Não vamos culpar os políticos pela nossa falta de pachorra.Marquês de Contumaz
</a>
(mailto:plebeudebarrabás@mailfalso.com)
De candida a 27 de Março de 2006 às 16:10
eu tou a foder-me para a constituição europeia e putuguesa
De Anónimo a 3 de Julho de 2007 às 18:40
você deve ser uma tipa muito ordinária....
De Anónimo a 3 de Julho de 2007 às 18:40
os burros odeiam tudo o que não conhecem e os pobres de espirito dizem palavrões....

Comentar post