Quarta-feira, 8 de Setembro de 2004

odeio blogs vazios!

Sinceramente! Um gajo está de férias e o blog fica vazio... ó Nmerdas! Ó Mr. Toad, como é que é? Ninguém tem nada para dizer?

Que tal um ódio profundo ao Mourinho e ao seu novo livro, ou melhor dizendo, o seu antigo livro mas com uma capa diferente e mais 42 páginas?

E um ódio profundo ao Paulo Portas, com os seus punhos-de-camisa e os seus botões-de-punho (aposto que são de ouro), a dizer ao país que deixar entrar o Borndiep é o mesmo que deixar passar barcos cheios de droga ou imigrantes ilegais?

Que tal um ódio desnaturado ao Santana Lopes no Brasil a falar à tio, a comer letras, a dizer coisas como "r' ámente" em vez de "realmente"?

Ou um ódio tipo profundezas-da-terra pelo facto de o sacana desde que é primeiro ministro ter deixado de pintar o cabelo? Deve ser para transmitir um ar de maior autoridade.

E nem vou falar aqui de outras coisas muito mais graves, porque há ódios que mais vale nem pronunciar... e nós aqui no Blog do Ódio, apesar de tudo preferimos achincalhar palhaços do que divertir-nos com coisas sérias demais para terem piada. Mas que as odiamos... não tenham dúvida.

Pá, odeio esta página vazia, carago. Mas agora já fica com qualquer coisinha... e olha: odeio que as minhas férias já não durem muito mais.
publicado por pedrocs às 12:11
link do post | comentar | favorito
|
9 comentários:
De Anónimo a 15 de Setembro de 2004 às 08:44
Odeio gastar horas para descobrir as coisas mais simples .
Como se colocam links no blog ?
Alguém me explica=
Obrigado.

peter
(http://como se colocam links no blog ?)
(mailto:peter42y@hotmail.com)
De Anónimo a 13 de Setembro de 2004 às 16:47
o ódio move montanhas e deixa-me fodida, porque corta-me as palavras...ou talvez as palavras que tenho a dizer sejam mesmo mto mas...muito mas..e como nao costumo dizer grande coisa,fica aki apenas umas palavritas reles para preencher espaço...

in world so hollow is breaking my heart..pRoStItUtEd-MoOn
</a>
(mailto:kamelot@portugalmail.pt)
De Anónimo a 10 de Setembro de 2004 às 13:58
O problema desta discussão é que é uma discussão de mudos para surdos. // As pessoas levam o assunto com demasiada emoção e no fim ninguém tem razão. // Eu acho que a informação sobre o aborto com comprimidos é para meninas que sabem, as outras vão continuar a abortar na cave da vizinha. // É a realidade. Compreendo que seja mais fácil dizer "viva a vida" e fazer de conta que não há mulheres a enfiar agulhas no útero em anexos de barracas sujas nas traseiras dos bairros sociais. Ok. // Não é ser contra ou a favor do aborto ou da educação sobre o aborto. É contra um país que tem um governo que encomenda 50 carros de luxo nos primeiros dois meses de exercício enquanto se passam coisas como a que descrevi, enquanto o nosso país tem o maior número de analfabetos da europa, enquanto temos o nível de crescimento de produtividade mais baixo da CE. // É esse contraste que não me entra. E as meninas do WOW são da Holanda... elas sabem lá o que é um país atrasado.macacoraivoso
(http://odio.blogs.sapo.pt)
(mailto:macacoraivoso@sapo.pt)
De Anónimo a 10 de Setembro de 2004 às 12:43
Caro Macaco Raivoso: sim, há muitas mulheresa a fazer aborto em condições horriveis. Mas porque haveremos de pensar que tomar essa medicação a sós (já que nenhuma enfermeira ou médico, agindo de acordo com o código ético a que está obrigado "proteger a vida da criança e da mãe" - estará com essa mulher no momento em que ela tomar essa medicação!) - será isto mais seguro que fazer um aborto num quintal? A mulher continuará a guardar a dor consigo nas horas e dias que se seguem a essa toma e continuará, portanto, desprotegida e infeliz. Até porque tomar essa medicação irá provocar (de certeza, por mais que se queira fazer o aborto) a sensação intima "fiz isto sozinha".
Isso não é liberdade, é apenas sofrer sozinha.
Após um aborto, há em qualquer clinica, apoio psicológico muito importante a seguir.
A women on waves dá esse apoio como? on-line?
Please!!!
Essas gajas são é inconscientes e muito pouco solidárias, parece-me. Essa organização portuguesa "Não te prives" não as informou da realidade portuguesa? "Não te prives do quê"? Sinceramente...de fazer um aborto? Parece que é um dever abortar, se não se vive num T5 de luxo! Sabiam que há pílula ou preservativo? O aborto não é um método de contracepção, pois não? Que gajas reaccionárias!!! Odeio-as!!! Se já se abandonam crianças no caixote de lixo em Portugal...eu temo o pior agora com essa "nova panaceia" do medicamento para o estomago. O pior mesmo. Um dia o namorado chega a casa e encontra a sua cara-metade a abortar, sem perceber o que se passa...apenas será um choque que nunca mais se esquecerá! Agora poderão fazer-se abortos às escondidas, no conforto do lar! A mulher tomou a iniciativa, pois ela manda na sua barriga, não se quer privar, e todas essas lérias que já ouvimos 1000 vezes.
O amor à vida, definitivamente, já acabou e ninguém parece dar-se conta.zumzum
</a>
(mailto:blabla@iol.pt)
De Anónimo a 10 de Setembro de 2004 às 12:12
Zumzum, o problema é que muitas mulheres que querem abortar não sabem como e então acabam num quintal de uma vizinha a fazer coisas que nem te passas (ou se calhar passam), pela cabeça, para abortar.
//
Mais vale saberem fazê-lo do que acabarem no hospital com uma linda infecção e um aborto mal feito.
//
Mas sim, Paulo Portas... ódio... nojo... é difícil pensar com a imagem daquele gajo e os seus botões de punho...macacoraivoso
(http://odio.blogs.sapo.pt/)
(mailto:macacoraivoso@sapo.pt)
De Anónimo a 10 de Setembro de 2004 às 11:22
Odeio o Paulo Portas. Isso turva o meu raciocinio e nao consigo articular mais nada.Descompensado
(http://oilegal.blogspot.com)
(mailto:jovem_descompensado@hotmail.com)
De Anónimo a 10 de Setembro de 2004 às 10:30
sabiam que tem sido um inferno tentar colocar comentários no vosso blog? é é, aparece erro "no entry_id"...tem sido uma seca.
Bom, quanto à polémica do barco holandês...eu odeio aquela organização desde já, pois foram para a TV mostrar como uma mulher, auto-medicando-se pode abortar. Que escumalha de organização feminista! Então é isso? Induzir as mulheres a abortar, em vez de lhes mostrar que há outras alternativas? Tipo - está grávida...não pense mais nisso...faça assim. As mulheres que não podem ter filhos sentem-se, certamente, as incompreendidas de sempre.
e vocês, homens, defendem esta organização ou estão apenas contra a ilegalidade da opinião do PAulo Portas?zumzum
</a>
(mailto:blabla@iol.pt)
De Anónimo a 8 de Setembro de 2004 às 17:06
Sim, eu também ODEIO o Blogger!Luciano Rodrigues
(http://belenenses.blogspot.com)
(mailto:lmrman@hotmail.com)
De Anónimo a 8 de Setembro de 2004 às 14:47
E eu odeio o facto da Blogger.com estar hoje a funcionar tão bem como sapo.pt, ou seja, uma merda que não se consegue fazer nada!Descompensado
(http://oilegal.blogspot.com)
(mailto:jovem_descompensado@hotmail.com)

Comentar post