Segunda-feira, 11 de Julho de 2005

Pequenos ódios

Não há tempo para mais... temos que nos ficar pelos pequenos ódios:

- Odeio não ter tempo para escrever sobre ódios maiores

- Odeio gajos que usam os óculos escuros com as hastes à volta do pescoço. Qual é a ideia? Dizer "tenho um pescoço tão grosso que prefiro usar os óculos aqui do que na tromba?". Ridículo.

- Odeio o Alberto João Jardim, evidentemente, mas sabem que mais? Começo a odiar os Madeirenses...! A sério, pensem bem: que raio de povo é aquele que elege aquele balofo ignóbil como Presidente, mandato após mandato? Quer dizer, já chega! Elejam outro idiota!

- Não sei se odeio mais os Americanos no Afeganistão (ainda alguém se lembra que eles lá estão?), e no Iraque ou se os terroristas e as putas das suas bombas. Façam as contas... depois dos Estados Unidos, Espanha e Reino Unido, Portugal é o único dos quatro países presentes na cimeira dos Açores que ainda não sofreu ataques terroristas.
Cá eu, fico nervoso por ter de andar de transportes públicos todos os dias.

- Odeio o EuroMilhões. E não é só por não ganhar... é que o prémio está a atingir proporções perfeitamente desmesuradas. Esta semana são 81 milhões de euros. Ninguém compreende o que são 81 milhões de euros. Quando confrontados com tal valor, a maioria das pessoas diz que compraria um carro.

Um carro...! O Mercedes SLR McLaren custa sensivelmente meio milhão de euros, é um dos carros mais caros da actualidade e com 81 milhões de euros, poder-se-ia comprar 162 deles.

Mas claro que um carro (ou mesmo 162), é uma resposta idiota. Evidentemente que, se eu ganhasse 81 milhões de euros me reformava IME-DIATA-MENTE! Mas em que raio andam as pessoas a pensar? Ouvi na TV uma senhora a dizer que se calhar ia trabalhar para outro lado. Como assim trabalhar? Mas que raio de ideia.

Com 81 milhões de euros é possível nunca mais trabalhar, nas calmas. Basta por o dinheiro *à ordem*, com um jurozinho de, digamos, 1,5% ao ano e ficamos a receber 20 mil contos todos os meses.

- Odeio (sempre odiei), os políticos todos. Os portugueses em particular. Então agora temos 21% de IVA? E é porque o déficit isto e o déficit aquilo... e os mil e tal cargos que o PS já distribui pelos seu boys nos primeiros 100 dias de Governo? Quanto é que isso custa ao erário público?

Quanto do nosso OE está a ser sugado por gajos que têm Bentleys nas garagens (das várias casas), e declaram o salário mínimo, quando chega Abril?

Quanto é que os clubes de futebol ainda devem à Segurança Social? Então e o Euro2004? Não ia trazer grandes receitas? Afinal, o que aconteceu a todo esse dinheiro? O nosso país está em crise, porque os seus habitantes são uns merdas.

A esmagadora maioria dos portugas só quer sol, futebol e um bom negócio. Um jeitinho, um desconto, uma cunha. Um cordelinho puxado, um "vou ver o que se arranja", um "eu tenho direito". É assim com o Zé da Esquina e com o Sócrates, o Barroso, o Portas, o Santana e toda essa corja. Blocos de Esquerda e PCs e o raio, todos eles.

Read my lips: isto NUNCA vai melhorar.

E pronto, agora o gajo que usa os óculos escuros à volta do pescoço já não me chateia assim tanto!
publicado por pedrocs às 11:18
link do post | comentar | favorito
|
13 comentários:
De Anónimo a 18 de Dezembro de 2005 às 23:56
Parece-me que de facto é facil entender o teu "desabafo", e até concordo com ele, realmente neste pais nada se faz além daquilo que tu descreveste, não existem objectivos nem principios, mas unicamente fins de merda.
Quanto aos politicos têm sido todos, de todos os partidos uns ladrões e mentirosos e passados 30 anos estão todos eles os compadres e os amigos todos bem e de nalga cheia e o resto do pais tá pobre e teso.
Tu dizes as verdades nuas e cruas que muitos não querem ver ou aceitar; por isso estou contigo també sinto odio psicologico a essa gente toda.

Parabens pelo site gostei
força um abraçoJosefy
(http://desabafosporra.blogspot.com/)
(mailto:desabafosporra@hotmail.com)
De Anónimo a 27 de Julho de 2005 às 15:51
Nem mais! Esta semana o jackpot é ainda mais vergonhoso e o imbecil do arrumador começou, logo de manhã, por me dizer que caso lhe saísse comprava um carro! Ri-me e nem perdi tempo a explicar-lhe quanto era 115 milhões de euros, acho que ele tinha uma coisinha má... ao menos, vejam lá, teve a odiosa ideia de jurar a pés juntos que, se ganhar, SOZINHO (note-se, só se for sozinho!), me dá 100 mil contos :D E é a estes pobres diabos que sai o raio da coisa :pLana
(http://divadaqueca.blogs.sapo.pt)
(mailto:lanalua@sapo.pt)
De Anónimo a 18 de Julho de 2005 às 22:50
Grande mister! Tou contigo nesse ódio.Edson Medina
(http://www.cianeto.com/edson/)
(mailto:edsonmedina@gmail.com)
De Anónimo a 15 de Julho de 2005 às 14:18
Eu cá acho que comprar 162 desses carros é um objectivo perfeitamente nobre ;-PDito Cujo
(http://ditocujo.weblog.com.pt/)
(mailto:ditocujo@gmail.com)
De Anónimo a 13 de Julho de 2005 às 09:22
Muito bom!... simplesmente, muito bom...Juro
(http://www.aminhacasaeeu.blogspot.com)
(mailto:simplesmentesim@hotmail.com)
De Anónimo a 13 de Julho de 2005 às 02:24
Lindddoooo!!! Se queres um template diferente daqueles que o sapo disponibiliza, vai ao meu blog, lá encontarás com certeza algum que gostes e se não gostares farei um a teu gosto. Fico à espera. Boa sorte para o blog!!!!!


lua_sol
(http://coysitasii.blogs.sapo.pt)
(mailto:lua_sol1@sapo.pt)
De Anónimo a 13 de Julho de 2005 às 02:18
Ó macacoraivoso, é sempre bom voltar a ver acção neste blog! Nem toda a gente percebe que quem fala nestes pequenos (grandes) ódios, não é quem simplesmente odeia. É quem se preocupa. É quem, mesmo acreditando que isto NUNCA vai melhorar, também sabe que depende das pessoas toda e qualquer mudança, quando isto melhora e quando isto piora. Essa gente que nada diz odiar, só para não ter que se chatear, mesmo que acabe a odiar a sua própria vida, procurará sempre o solinho, o futebol ou o cordelinho, na esperança de confortar os efeitos da mudança em que decidiu não participar. Por trás do Ódio ao que é mau, está (em princípio) o amor ao que é bom... E este blog, quando activo, é odiavelmente bom!Voice ON
(http://www.vo.com)
(mailto:voice.on@hotmail.com)
De Anónimo a 12 de Julho de 2005 às 14:36
Não percebo a pergunta. Eu não estou a criticar ninguém. Eu odeio trabalhar, qual é a dúvida? Pelo menos admito-o... sinceramente, não percebo que parte do meu texto pode causar confusãomacacoraivoso
(http://odio.blogs.sapo.pt)
(mailto:macacoraivoso@sapo.pt)
De Anónimo a 12 de Julho de 2005 às 14:30
Agora estou confuso!!! Uma pessoas diz que “- A esmagadora maioria dos portugas só quer sol, futebol e um bom negócio” ou então “- Um jeitinho, um desconto, uma cunha” e que acaba com a magnifica frase “- Read my lips: isto NUNCA vai melhorar”. Com isto tudo fiquei bastante confuso com o que quis dizer?. Mas está a criticar quem...a si? Sendo um dos seus ódios de estimação “TRABALHAR”.Alguem que não percebeu onde quis chegar
</a>
(mailto:??????@mail.pt)
De candida a 27 de Março de 2006 às 16:08
tens um mau feitio do caraças. :)
eu não acredito em pequenos ódios. um dia, quando eu odiar, até eu terei medo de mim.

Comentar post